Menu

sábado, 31 de julho de 2010

Quando a posse não é responsável

Essa é toquinho, ficou presa por alguns dias pelas pessoas que se dizem donas (não sabemos porque). Eu mandava ração todos os dias por uma das crianças, mas não conseguia vê-la. Eles deixaram ela presa com um fio e o resultado está na foto abaixo.


Já colocamos remédio para que as moscas não pousem, e uma pomada para não inflamar.

domingo, 25 de julho de 2010

Meu Aniversário

Olá Pessoal!!!

Sempre gostei de ajudar (animais ou pessoas). Na verdade tenho muita afinidade com os animais, e sempre os ajudei, direta ou indiretamente.

Esse ano decidi me dedicar de vez à causa animal, criei um blog, e comecei a arrecadar doações para ajudar os animais carentes que estão próximos. Sei que se arrecadasse mais doações ajudaria mais animais. Quando saio me deparo sempre com animais que precisam de um mínimo de ajuda, infelizmente não tenho como ajudar a todos.

Pensando nos animais que ajudo, e nos que posso vir a ajudar, decidi fazer uma campanha nesse mês de agosto, que é o mês do meu aniversário. Estou pedindo às pessoas mais próximas que ao invés de presente ou lembrança me dêem doações. Sei que ainda é pouco, mas com a ajuda de alguns podemos fazer ainda mais.

Entre você também nessa campanha!!!!!

Mesmo que não me conheça, se gostar de animais ajude-os.

Obrigada a todos que já ajudam mensalmente!!!

Ah! Abaixo tem um vídeo dos animais que já passaram ou ainda estão em minha vida.

Adijane
video
 

domingo, 11 de julho de 2010

Resumo da Semana

Segunda - feira ao chegar ao trabalho me deparei com duas situações.


  • A primeira foi o nascimento de cinco gatinhos, eles estão abrigados e sendo alimentados pela mãe, mas logo vão estar por ai, e para que isso não aconteça precisamos achar pessoas para adotá-los (ver Adote um Amigo).
  • A segunda foi Pretinha, ela malmente levantava a cabeça e ai veio o desespero, sem dinheiro e nenhum cartão na mão tive que implorar a veterinária para que atendesse a ela, pois eu pagaria no dia seguinte (sem falta). Graças a Deus ela resolveu atender, e depois de ser examinada e fazer um hemograma ela foi medicada e está se recuperando bem.

Diagnóstico: Ela deve ter comido algo que não fez bem, e como está com imunidade baixa o corpo não teve força para reagir.

    Despesas: Veterinário - R$35,00
                   Remédios - R$42,80
                   Exame - R$25,00
                   Outros - R$6,20 

    Ufa!!! Que semana corrida...

    domingo, 4 de julho de 2010

    Posse Responsável de Cães e Gatos

    Adotar um animal é assumir um compromisso para toda a vida. Você está preparado? Antes de adotar um animal é necessário que se reflita sobre alguns pontos fundamentais.
    Você vai ter:
    • meios de cuidar dele como precisa ?
    • recursos financeiros para alimentá-lo e dar-lhe tratamento médico?
    • tempo para se dedicar, brincar, passear, enfim, tratá-lo com amor e atenção?
    Alimente-o de forma correta
    Isso significa não só dar comida, mas sim manter o animal bem alimentado, dando-lhe uma ração de boa qualidade, em quantidades adequadas, e fornecendo-lhe sempre água fresca. Gatos não devem ser alimentados com ração de cães e vice-versa. Cães e gatos não devem ser alimentados com restos de comida humana nem deixados com sede. Troque a água todos os dias. Água que fica durante muitos dias na vasilha, além de não fazer bem ao animal, pode acumular larvar de mosquitos.


     Dê-lhe um local adequado para viver
    Nunca se deve deixar um animal ao relento, sem ter onde se abrigar do calor, do frio ou da chuva. O melhor lugar para um amigo é perto de nós. Se isso não for possível, por alguma razão, dê-lhe ao menos uma casa para se proteger. Lembre-se ainda de que um animal de grande porte certamente não viverá bem em um local apertado. No caso de apartamentos, telas são indispensáveis nas janelas, mesmo que se trate de cães. Se você mora em casas, mantenha o animal em local onde não possa fugir para a rua. Ruas são extremamente perigosas para eles.

    Vacine-o anualmente
    Todo animal deve ser vacinado quando filhotes, e o reforço da vacinação deve ser dado anualmente.

    Castre seu animal - esse é um ato de amor

    Castrar seus animais é a melhor opção. Isso ajuda a evitar que haja mais animais abandonados. A cada ano, centenas de filhotes indesejados são jogados nas ruas. A maioria morre antes de completar um ano.
    Não é fácil conseguir um lar para todos os filhotes, e você nunca terá garantias de que serão bem tratados. Os animais podem ser castrados a partir dos quatro meses.

    Dê-lhe um lar, não uma prisão

    Jamais deixe seu cãozinho acorrentado ou o gato em uma gaiola. Ou você gostaria que fizessem isso com você? Manter animais presos desta forma, sem nenhuma possibilidade de movimentação, é um ato de crueldade. Lembre-se sempre que sua casa é um lar para o animal, não uma prisão, onde ele será obrigado a viver na solitária.

    Providencie tratamento veterinário sempre que for preciso
    O profissional mais indicado para cuidar de seu animal é o médico veterinário. Procure um veterinário sempre que necessário, para orientação, vacinação, ou se o animal apresentar qualquer sintoma de doença.
    Esteja sempre atento à sua saúde, verifique sempre seu estado geral.
    Não meça esforços para lhe dar o melhor tratamento possível. Mesmo que você não possua uma excelente situação financeira, há locais onde você poderá tratá-lo a preços mais baixos, como os hospitais das faculdades de veterinária.

    Seja companheiro sempre
    Aprenda a respeitar o jeito de ser de cada animal. É isso que o faz único. Trate-o sempre com carinho e amor. Ninguém será capaz de amá-lo de forma tão desinteressada e isenta de julgamentos como seu animal.


    Não o castigue nem maltrate
    Punição física não adianta nada, e não corrige comportamentos indesejados. Bater no animal, além de ser um ato de extrema covardia, fará com que ele se torne medroso e inseguro, o que não é bom nem para ele nem para você.
    Trate seus animais como você gostaria de ser tratado. Este é um princípio básico da humanidade.


    Supere as dificuldades - Você é o Responsável
    Nem sempre as coisas são como desejamos... Nem sempre nossos animais se comportam da forma esperada. Nem sempre se comportam ou agem como filhotões adoráveis e fofos. Mas lembre-se de que você é responsável por ele, seja como for, aconteça o que acontecer.

    Na velhice, não o desampare

    Não é justo que você se desfaça do animal justamente na fase em que ele mais precisará de você. Nossa sociedade é extremamente injusta com os idosos. Não seja você mais um a engrossar as fileiras da indiferença e da falta de gratidão. Seu animal o amou e compreendeu a vida inteira... Cuide dele até o fim.

    Jamais o abandone
    Jamais abandone. Animais abandonados são presa fácil das piores crueldades. Não caia na conversa de que sempre haverá "alguma alma boa" que cuide dele. A realidade não é essa.



    http://gatosdorio.sites.uol.com.br/